quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Em versão de Christiane F.

No meio da bagunça que seus amigos deixaram: copos vazios e cheios de bebidas alcoólicas, cinzeiros entupidos, mesa carregada de drogas variadas e a televisão exibindo filme pornô.

Estava sozinho num ambiente inóspito e seus amigos haviam ido embora.

Mas...

Não está sozinho, está sendo observado por uma menina que veste de vestido xadrez vermelho que sempre o acompanha e disse, sorrindo:

-  Está tentando fugir dos problemas, mas os problemas sempre andam acompanhados contigo e serão fiéis. até a morte.

8 meses sem clonazepam e fluoxetina. 57 quilos.

7 comentários:

Srtª Vihh disse...

Oi, Léo, quanto tempo.
Acabei de ler Christiane F.
Amigo, não deu para entender se está tudo bem, de forma até suportável ou não, mas enfim, só posso desejar melhoras.
bjOus

Anônimo disse...

Léo, você está alucinando, isso pode ser efeito das drogas ou da falta de comida. Abraço!

(●•Lia •●) disse...

Oie Leo!

Saudades!

Espero que passe essa fase!

Abraços!

Willian disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Willian disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Da vida disse...

Ola
nao posso dizer o q vc ja nao saiba,
estou sem jeito de confessar-lhe abertamente que estou atônito contigo
drogas vei, mas tudo bem !
eu procuro sempre coisas pior q esta!
8meses parabens coincidencia tambem peso 57
quero te animar mas nao sei o motivo sinto qeu tu precisa disso, mas vc iria crer em mim ? no meu otimismo ? duvidas me perseguem e talvez vc tambem, nao sei !
esperança reconheçe esta palavra perdida?longe eu a vejo e me anima
sabe vc de um modo me ajuda a caminhar seguir em frente te agradeço
se estou sendo incoviente avise-me nunca sei quando parar defeito meu.
doe saber q tu ta assim e nao posso te ajudar a nao ser simples palavras que talvez seja tudo em vão
olha só ja escrevi muito,NOSSA,se sempre for assim vou criar um livro juro por o meu amado até a proxima e lembre nao existe aquela historia que "pau que nasce torto morre torto"vlw bjs bjs Da vida

Penny Lane disse...

Eu lia seu blog há um tempo atrás, e hoje achei ele de novo. Lindo, me deu tantas saudades. Vou voltar sempre aqui agora.
Beijos